Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/saqueacademia/saqueacademia.com.br/noticia.php:1) in /home/saqueacademia/saqueacademia.com.br/noticia.php on line 12

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/saqueacademia/saqueacademia.com.br/noticia.php:1) in /home/saqueacademia/saqueacademia.com.br/noticia.php on line 12
Saque - Academia de Tênis

Bem-vindo(a) visitante. ( Entrar | Cadastre-se )

Saque - Academia de tênis

Argentino Facundo Bagnis vence o J. Open 2010

12/12/2010

Argentino Facundo Bagnis vence o J. Open 2010

Em um dia de “gênio”, como definiu o adversário brasileiro Eladio Ribeiro Neto, o argentino Facundo Bagnis, de 20 anos, conquistou na manhã deste domingo (12) o seu primeiro título no País ao vencer por 2 sets a 0 a final do J. Open 2010, em uma hora e vinte minutos de jogo. As parciais foram de 2-6 e 3-6.


Comemorando o seu quinto título na modalidade (os quatro primeiros foram conquistados em torneios na Argentina), Bagnis disse que entrou em quadra tranquilo. “Comecei o jogo me sentindo muito bem. Depois tive um pouco de sorte também”, explica.


A demora para entrar no ritmo de jogo da final da competição e a inspiração especial do adversário, são as justificativas destacadas por Ribeiro para explicar a derrota. “A todo momento tentei buscar energia, porém para vencer no tênis é preciso estar em um dia especial e infelizmente eu não estava, ao contrário do Facundo que a todo momento jogava com uma tática de gênio”, destaca o atleta que em junho deste ano conquistou o primeiro lugar do torneio J. Open e afirma se sentir muito bem jogando na cidade.


Além do troféu, Bagnis recebeu o prêmio no valor de 1,3 mil dólares e somou 18 pontos no ranking mundial. Já Ribeiro foi contemplado com US$ 900 e 10 pontos. O J. Open, torneio profissional masculino da série Future, começou no dia 4 de dezembro e atraiu atletas brasileiros e de países como a Argentina, Itália e Uzbequistão.


A competição ocorreu na Saque Academia, em Araçatuba, e garante pontos para o ranking mundial da ATP, além de distribuir US$ 10 mil em prêmios.


Segundo a gerente da academia, Cleide Crepaldi, a expectativa para o confronto era grande, assim como o favoristismo do argentino, que acabou se confirmando. “Os brasileiros fizeram uma excelente competição e ficamos felizes por receber tantos atletas internacionais. O duelo entre Brasil e Argentina certamente deu uma apimentada no torneio. Agora vamos batalhar para realizar em 2011 um torneio ainda maior, distribuindo US$ 15 mil em prêmios mais hospedagem e atrair assim atletas melhores ranqueados”, adianta.


VÔLEI
A final do J. Open foi acompanhada por vários araçatubenses apreciadores da modalidade esportiva, inclusive atletas de outros esportes. Os jogadores da equipe masculina de vôlei do Cimed, de Florianópolis, em Santa Catarina, acompanharam a partida.


O time está na cidade, onde enfrentará nesta segunda-feira (13), a partir das 18h30, no Plácido Rocha, a equipe do Vôlei Futuro pela decimal primeira rodada da Superliga.


TENDÊNCIA
A idealizadora do J. Open, Aurivânia Constantino, também esteve presente no evento e fez a entrega do troféu ao vencedor da competição.


Segundo ela, o torneio evolui de forma grandiosa e tornou-se um espelho de ação social para crianças e jovens que se inspiram nos atletas para conquistar o sucesso esportivo.


“Por receber tenistas de vários países do mundo, o torneio mostra a nossas crianças que é possível você atuar e fazer o que gosta em qualquer lugar do mundo”, ressalta.


Para a coordenadora da Academia Saque, Camila Andolfato, o destaque do torneio é o intercâmbio cultural e esportivo entre os atletas.


Voltar

© 2008-2011 Saque Academia de Tênis - Todos os direitos reservados | ESWEB